Sem treinador, não há jogo.

O árbitro do jogo do Óquei de Barcelos frente ao Nantes a contar para a Taça da Europa de Hóquei em Patins ficou marcado por um episódio insólito. O árbitro impediu a equipa portuguesa de jogar por não se ter apresentado com um treinador qualificado, e assim  o Óquei de Barcelos perdeu na secretaria e fica de fora da Taça. 

O que motivou esta situação foi o facto do treinador Paulo Pereira estar a cumprir um castigo internacional. Por outro lado, o treinador que iria constar na ficha de jogo, Rui Sérgio Teixeira, estava doente no dia do jogo e não pôde comparecer.

Concluindo, o jogo não se realizou por decisão da equipa de arbitragem e o Barcelos foi punido com uma derrota por 10-0 devido a falta de comparência. A equipa portuguesa tinha uma vantagem de apenas um golo, ficando assim eliminada da Taça.

O Óquei de Barcelos vai protestar o jogo.

Comentários